Roteiro de 4 dias pelo Uruguai

Nosso pequeno vizinho é cheio de belezas e um Roteiro pelo Uruguai é fácil de fazer, já que seu pequeno território possibilita conhecer o país sem precisar rodar muito.

O Uruguai não é mais tão ofuscado pela Argentina, ou melhor Buenos Aires, mas recebe menos visitantes que seu vizinho portenho. Não limite o Uruguai a um bate e volta desde Buenos Aires, o país merece uma viagem só pra ele.

Já foi para Buenos Aires e quer um roteiro diferentão ? Dá uma olhada neste Guia Lado B de Buenos Aires.

Roteiro pelo Uruguai
Um roteiro de 4 dias para degustar um pouco do país

Neste artigo você vai ver:

O Uruguai na minha vida. Clique Aqui
Sozinho pelo Uruguai. Clique Aqui
Roteiro de 4 dias. Clique Aqui
Dicas do Viajante Curioso. Clique Aqui

O Uruguai na minha vida

Lembro-me que quando estava no jardim infância, já no meio do ano, a professora nos apresentou uma nova coleguinha, o nome dela era Marlucy, e todos ficaram impressionados porque ela falava muito diferente da gente.

Ela tinha vindo do Uruguai e a professora pedia para ela falar como se dizia papai e mamãe em espanhol. Acho que ali nasceu minha vontade de descobrir o mundo.

O tempo passou, mas o Uruguai ficara na minha cabeça. Já tinha viajado bastante mas queria conhecer o país da Marlucy.

E aí o carnaval chegou, e eu fui sozinho para o Uruguai.

Sozinho no Uruguai

Viajar sozinho é um desafio e eu já tinha tido uma experiência assim no sul do Chile. Aí o carnaval chegou e querendo aproveitar o feriado, arrumei as malas e fui para Montevidéu.

Quer saber como é viajar sozinho ? Olhe este artigo com Dicas para uma viagem solo.

Tive um pouco de receio, mas não dei bola para o medo e lá fui. Abri mão da farra do carnaval brasileiro para conhecer o Uruguai, e foi uma troca muito boa.

Tomei o voo em São Paulo e duas horas e meia depois aterrizava em Montevidéu. Era tarde da noite e eu resolvi pegar um ônibus, onde segundo um funcionário do aeroporto, me deixaria a duas quadras do meu hotel.

Parque El Prado Montevidéu
Você já viajou só ?

A gente fica um pouco preocupado, porque é difícil entrar num ônibus e não saber direito onde o mesmo está te levando, mas no final deu tudo certo.

Bom, vocês começaram a ler meu artigo e eu aqui contando a minha vida.

Vamos lá para a proposta de Roteiro pelo Uruguai, a qual  funciona muito bem num destes feriadões que brasileiro adora emendar, seja de quinta a domingo, ou de sábado a terça.

Roteiro pelo Uruguai em 4 dias

Para começar tem duas dicas quero dar pra vocês, baseado nas minhas três visitas ao país.

Primeira dica: vá no verão

Segunda dica: alugue um carro

Seguinte, ainda que Montevidéu seja uma cidade interessante, acho imperdível conhecer Punta Del Este. A badalada praia, que na verdade faz parte de Maldonado, literalmente morre fora do verão quando a cidade fica vazia.

Se no verão a temperatura é amena, perto dos 20, no inverno chega a 11, o que afugenta os turistas.

Já fui para Punta del Este no inverno e posso dizer isso com bastante propriedade.

Vamos ao roteiro ?

Voos para Montevidéu

O ideal é voar na quarta-feira, caso o feriado seja na quinta, ou na sexta caso o feriado seja na terça, desta forma, teremos 3 dias inteiros e parte do último dia, que será o da volta.

O pessoal que viaja muito, costuma chamar de dias líquidos aqueles que não envolvem chegadas ou saídas.

Use sempre esta técnica para montar seu roteiro, pois os dias de chegada e saída envolvem arrumação de malas, check in, check out e deslocamentos.

Primeiro dia: voo e check in no hotel.

Caso tenha se decido por alugar um carro, o ideal é retirá-lo já no aeroporto, assim o deslocamento para a cidade já estará resolvido.

Uma grande vantagem de dirigir no Uruguai são as estradas praticamente retas e bastante tranquilas. O aeroporto de Carrasco, onde chegam a maioria dos voos para o Uruguai, está 27 Km distante do centro de Montevidéu, trajeto facilmente realizado em 40 minutos.

Aeroporto Carrasco
Aeroporto Carrasco

Segundo dia: Montevidéu

Este é o dia de conhecer Montevidéu, a cidade das ramblas.

O passeio pode começar pela Praça Independência, onde você poderá admirar o Palácio Salvo, que foi o prédio mais alto da América do Sul por alguns anos, o Teatro Solis, o Mausoléu José Artigas, que lutou pela Independência do Uruguai e a Porta da Cidadela que dá acesso à Cidade Velha.

A Praça Independência com o Palácio Salvo e o mausoléu
A Praça Independência com o Palácio Salvo e o mausoléu

Caminhe sem pressa pelas ruas do centro antigo. É bem verdade que tem muitos edifícios descaracterizados e decadentes, mas não deixa de ser uma atração.

Museu Torres Garcia é uma boa pedida na Ciudad Vieja. Este artista uruguaio tem muitas obras legais, porém o Mapa da América Invertida chama a atenção como uma crítica do artista ao Imperialismo Cultural Americano.

Museu Torres Garcia
Esse Torres Garcia (o da foto) tinha cara de louco, mas as obras dele são bem legais

Talvez seja hora de descansar um pouco, o Restaurante La Pasiva é super tradicional e lá você poderá provar o Chivito, que é um lanche de carne famoso no Uruguai.

O tradicional restaurante La Pasiva em Montevidéu
O tradicional restaurante La Pasiva em Montevidéu

Por aí também está a bela Plaza Constitución e a Igreja Matriz da cidade.

Caminhando mais um pouco (se gosta de andar), as ruas te levarão ao Mercado del Puerto.

Mercado del Puerto
O Mercado del Puerto com seu vários restaurantes

Vários restaurantes dentro do antigo mercado expõem seus assados. Para falar a verdade não aconselho almoçar por ali, os restaurantes são caros e turísticos e o serviço deixa muito a desejar.

Show de tango
Achava que só Buenos Aires tem show de tango ?

Se acordou cedinho ainda dá tempo de conhecer o Parque Rodó e as ramblas, como a do badalado Bairro de Pocitos.

Terceiro dia: Colônia del Sacramento

A histórica Colônia del Sacramento, Patrimônio da Humanidade,  está a aproximadamente 180 Km de Montevidéo, mas é possível conhecê-la em um bate e volta. Caso não tenha alugado carro, existem vários horários de ônibus que saem do Terminal Las Cruces.

A bucólica Calle de los Suspiros
A bucólica Calle de los Suspiros

Deixe-se encantar pelas ruas arborizadas, pelas muralhas que circundam a cidade e tentem avistar Buenos Aires além do Rio da Prata.

Colônia del Sacramento foi território português. Depois de muitas disputas, em 1750, o Tratado de Madrid colocou um ponto final na história, decidindo que Portugal entregaria Colônia à Espanha em troca dos Sete Povos da Missões, parte do atual Rio Grande do Sul.

Conhece esta bonita região do Brasil ? Fui pra lá e conto tudo no artigo Região das Missões no Rio Grande do Sul.

Quarto dia: Punta del Este

Punta del Este é super badalada e animada no verão.

Os 130 Km de estrada desde Montevidéu são super tranquilos já que é praticamente uma reta.

Descubra a cidade nas Praias Brava e Mansa e tire uma foto no Monumento Los Dedos de Mario Irarrazabal.

Também é divertido ver os leões marinhos no Porto de Punta Del Este, bem como caminhar por ali despretensiosamente.

A região do Porto de Punta del Este
A região do Porto de Punta del Este

Como brasileiro, digo que a praia em si de Punta del Este não é tão interessante, o Brasil tem praias bem mais bonitas. O charme de Punta está em suas ruas e na forma como a natureza é integrada à cidade.

Fique na cidade até o por do sol, onde o melhor lugar para assisti-lo é em Casapueblo, uma construção branca que se destaca no alto de um morro.

CASAPUEBLO-PUNTA-BALLENA
Um dia de sol em Casapueblo

Lá o por do sol é acompanhada por um bonito poema, declamado pelo artista plástico Vilaró.

Conto em detalhes neste artigo sobre Casapueblo em Punta del Este.

Quinto dia: mais um pouco de Montevidéu e hora de ir embora

Chega o dia de ir embora, dependendo do horário do voo ainda há tempo de descobrir mais um pouco mais de Montevidéu.

Se for domingo, não perca a tradicional feira Tristán Narvaja, no bairro Cordón.

Outro lugar interessante, porém distante do centro, é a Fortaleza General Artigas, de lá temos uma bela vista da Baía de Montevidéu.

Fortaleza José Artigas
A bela fortaleza do final do século XVIII

Dicas do Uruguai

Este roteiro pelo Uruguai é intenso, pois tem o objetivo de mostrar um pouco do país, mas perfeitamente possível para ser feito em quatro dias.

Acredito que numa segunda viagem ao país vale a pena conhecer mais do litoral. Desde Punta Del Este podemos chegar a lugares bastante interessantes como José Ignacio e a inóspita Cabo Polônio.

Jose Ignacio
José Ignacio é mais tranquila que Punta del Este

Também existe o turismo rural pelas belas estâncias do país.

Mas tudo isso para uma próxima viagem ao Uruguai.

Montevidéu pediria sim mais um dia, mas é uma desculpa para você voltar.

Punta Carretas e Pocitos são bairros bem bonitos para se hospedar, porém neste roteiro aconselho a ficar pelo centro, pois será mais fácil para conhecer os pontos turísticos propostos neste roteiro

Caso decida alugar um carro e queira economizar, reserve somente para os dias de Colônia e Punta pois lhe dará bastante liberdade, principalmente em Punta del Este para ir à Casapueblo.

Já em Montevidéu não é necessário, já que transportes por aplicativo e táxis funcionam bem por lá.

Gostaram da sugestão de roteiro pelo Uruguai ?

Boa viagem ao Uruguai !!

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Voltar ao início. Clique Aqui

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *