As Dunas de Erg Chebbi – O fantástico deserto do Saara na região de Merzouga no Marrocos

As fantásticas Dunas de Erg Chebbi no Deserto do Saara

Um roteiro pelo Marrocos só é completo se incluir as fantásticas dunas de Erg Chebbi perto de Merzouga. Quando montei meu itinerário pelo país, onde você pode conferir aqui , não deixei este incrível lugar de fora.

O emblemático Deserto do Saara tem sua porção no Marrocos e o lugar mais bonito para conhecê-lo é Merzouga. Outro ponto é Zágora, mas pessoas que foram nos dois lugares afirmaram que as dunas de Erg Chebbi em Merzouga são mais bonitas.

As dunas de Erg Chebbi em Merzouga
As dunas de Erg Chebbi em Merzouga

Aqui você vai ter aquele visual que sempre imagina do deserto: as enormes dunas. É incrível observar como as mesmas ficam lindas no por do sol, onde um tom alaranjado toma conta de tudo. Assim são as dunas de Erg Chebbi.

Passar uma noite no meio destas dunas é algo mágico, é tipo aquelas experiências que ficarão gravadas para sempre na nossa memória.

Como ir

Você pode ir por tour privado desde Marrakesh, Fez ou Ourzazate. Este tour privado geralmente abrange outros lugares, como a região de Ourzazate, clique aqui que tenho bastante informações sobre lá também.

Basicamente o tour à Merzouga compreende a chegada ao vilarejo, uma pequena viagem de camelo até o deserto um pouco antes do por do sol, acampamento no meio das dunas de Erg Chebbi com jantar e músicas bérbere, pernoite e volta na manhã do outro dia.

A estrada e o deserto do Saara
A estrada e o deserto do Saara

A maioria dos passeios oferece um hotel em Merzouga que funciona como ponto de apoio para as Dunas de Erg Chebbi. Possivelmente o café da manhã depois da volta das dunas será lá.

Caso vá por conta própria observe os horários dos ônibus, a Supratours tem apenas um horário em Ourzazate, as 13, e a viagem dura umas 8 horas aproximadamente. Confira o site desta empresa e veja os horários que melhor te atendem.

Tive apenas um contratempo, como sai de Ourzazate as 13, cheguei em Merzouga somente as 21, ou seja, não teria como ir para as dunas naquele dia. Eu imaginava Merzouga como o Atacama, cheio de agências onde facilmente agendaria o passeio para o outro dia, mas não é bem assim.

Merzouga é um povoado bem pequeno e chegando lá não encontrei nada, como já era tarde fui para um hotel que tinha conseguido algumas referências e passei a noite por lá. Lembrando que cheguei na cidade sem reserva alguma.

Caso você vá de tour privado será bem mais fácil, porém se resolver ir por conta própria sugiro que faça a reserva nos Campings, pelo próprio booking  ou outro app. Eu não sabia que esta reserva compreenderia todo o passeio, ou seja, a viagem de camelo e a estadia nas tendas nas dunas.

Nossos amigos que nos levarão até o acampamento
Nossos amigos que nos levarão até o acampamento

Depois de fazer a reserva entre em contato, eles serão super prestativos e cuidarão de toda a logística para vocês.

Como estava totalmente perdido por lá, entrei no booking peguei o telefone deles e liguei, no outro dia eles foram ao meu hotel e me levaram para o hotel deles na cidade e depois às dunas, desta forma fiquei o dia todo livre, pois o passeio só sai no final da tarde.

De maneira alguma foi perda de tempo, pois a cidade se limita com o deserto, basta atravessar as ruas e as dunas aparecem na sua frente de maneira mágica. Não deixe de prestar atenção no céu, é incrível a quantidade de estrelas que se vê, uma experiência emocionante.

Quando saí do hotel já dei de cara com as dunas Erg Chebbi e palmeiras
Quando saí do hotel já dei de cara com as dunas Erg Chebbi e palmeiras

Como funciona o passeio

Como falei, primeiro eles te levam para um hotel no vilarejo onde toda sua bagagem ficará guardada durante o passeio, arrume apenas uma pequena mochila com os itens essenciais para uma noite nas dunas de Erg Chebbi.

Aí eles organizam os camelos que serão o veículo para chegar no acampamento. Este trajeto é lindo, pois somos conduzidos pela borda de enormes dunas. O guia, sabiamente, faz um caminho seguro e para constantemente para fotos.

Nos sentimos nas antigas caravanas que cruzavam o Deserto do Saara
Nos sentimos nas antigas caravanas que cruzavam o Deserto do Saara

Este trajeto é feito em fila indiana e o guia vai a pé puxando o primeiro camelo. Tudo é feito de forma que chegamos no acampamento, nos acomodamos nas tendas e saímos para ver o por do sol, que é um ESPETÁCULO.

Neste momento o sol pinta todas as dunas Erg Chebbi de laranja
Neste momento o sol pinta todas as dunas Erg Chebbi de laranja

Fui no mês de abril e o deserto é congelante, não dispense blusas e jaquetas. Eu já tinha tido uma experiência dormindo no deserto de Wadi Rum na Jordânia, porém este é bem mais primitivo. Na Jordânia tinha uma estrutura de banheiro com água corrente e tudo mais, em Merzouga não, apenas uma lata enorme de água com uma torneira, porém nada disso tirou o encanto da visita.

Nosso pequeno acampamento no meio das dunas do Saara
Nosso pequeno acampamento no meio das dunas do Saara

Observe que esta região tem hotéis e campings para todos os gostos, alguns super chiques e outros bem simples. Fica a gosto do “freguês”. Procure o Google e verá resorts no deserto com piscinas à beira das dunas Erg Chebbi.

Depois do por do sol, temos um tempinho e eles nos servem chá e bolachas para “quebrar o galho” até o jantar.

O jantar é servido dentro de umas tendas e foi ótimo, a comida era boa e em bastante quantidade. Foi uma delícia jantar dentro da tenda, conversar com os outros viajantes e depois escutar música bérbere. Eles fazem de tudo para agradar e para proporcionar uma experiência impecável. Foi uma noite memorável.

Jantar e música bérbere no jantar
Jantar e música bérbere no jantar

Depois do jantar ficamos conversando mais um pouco e aí o cansaço tomou conta. Fiquem tranquilo que tem cobertores suficientes. Eu passei a noite super bem.

No outro dia levantamos cedo para ver o nascer do sol que também é um espetáculo, tudo é muito mágico. Aí já montamos os nossos camelos e voltamos para o hotel do vilarejo onde é servido um farto café da manhã.

O nascer do sol também foi um espetáculo, mas estava bem frio!!
O nascer do sol também foi um espetáculo, mas estava bem frio!!

Este post não recebeu nenhuma espécie de patrocínio, mas se quiserem uma referência procurem pelo Berber Camp, é simples mas o pessoal foi super simpático e prestativo. Eles inclusive providenciaram a compra do ticket de ônibus, já que dali fui à Fez.

Depois do café da manhã os serviços terminam, caso precise ficar mais no hotel até o horário do ônibus sem problema algum, eles fornecem um quarto com banheiro. Notem que por conta dos meus horários, fiquei praticamente três dias: um de viagem desde Ourzazate,  o outro no hotel aguardando a saída para as dunas no final da tarde e outro aguardando o meu ônibus. Tente se organizar para otimizar seu tempo ou caso contrário, faça como eu e relaxe, ficar uns dias naquela calma toda foi uma delícia.

No retorno é bem legal tirar fotos do reflexo dos camelos.
No retorno é bem legal tirar fotos do reflexo dos camelos.

Espero que este post te ajude a organizar sua viagem por este incrível país. Procure pela hashtag #viajantecuriosonomarrocos que tenho mais dicas por lá.

Deixe seu comentário dizendo que achou do post, ou se tem alguma dúvida, assim podemos cada vez melhorar mais o blog e ajudar mais viajantes.

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *