Por do sol em João Pessoa: o lugar onde o astro rei se despede ao som do Bolero de Ravel

Sabia que o Por do sol em João Pessoa pode ser assistido ao som do Bolero de Ravel ?

Tudo começou quando o dono de um dos bares da orla da Praia Fluvial do Jacaré resolveu tocar a famosa melodia.

O diferencial é que ele fazia isso ao por do sol, enquanto navegava em um pequeno barco pelas águas do Rio Paraíba.

O Jurandy do Sax saindo para o tradicional Bolero de Ravel nas águas do Rio Paraíba para celebrar o por do sol em João Pessoa
O Jurandy do Sax saindo para o tradicional Bolero de Ravel nas águas do Rio Paraíba

A principal motivação do Jurandy, dono de um dos estabelecimento da orla, era a de aumentar o movimento de seu bar, porém o sucesso foi tanto que ele virou uma das principais atrações da própria cidade.

Lembrou do Bolero de Ravel ? Não ? Veja o vídeo abaixo:

Já é possível imaginar o quão bonito é o espetáculo com esta sinfonia meio dramática. O dono do bar, que ficou conhecido como Jurandy do Sax, sincroniza os acordes de tal forma, que parece que é ele quem determina quando o sol se põe no horizonte.

O famoso Jurandy do Sax
O famoso Jurandy do Sax

Como assistir ao espetáculo

Na verdade a Praia do Jacaré, local do espetáculo, se localiza na cidade Cabedelo, pertinho de João Pessoa.

Orla da Praia do Jacaré
Orla da Praia do Jacaré

Um dos lugares mais legais para ficar em João Pessoa é Tambaú. Dali um Uber até a Praia do Jacaré não sairá por mais de R$ 20,00 (outubro/2018).

O sucesso do espetáculo do Por do sol em João Pessoa ao som do Bolero de Ravel fez com que aparecesse ali na orla diversas lojas de artesanato e um pequeno “centrinho” de compras.

O centrinho de compras na Praia do Jacaré
O centrinho de compras na Praia do Jacaré

No passado existiam vários bares com piers onde as pessoas se sentavam para assistir ao espetáculo, acontece que todos estes bares foram demolidos, pois eram ocupações irregulares.

Os bares da orla foram todos demolidos
Os bares da orla foram todos demolidos

Hoje em dia, podemos assistir o por do sol em João Pessoa com o Bolero de Ravel nas muretas da orla ou em um passeio de catamarã pelo Rio Paraíba. Lembrando que o músico executa a sinfonia ziguezagueando pelas águas do rio.

O barco passeia pelas águas calmas enquanto os últimos raios de sol iluminam o rio
O barco passeia pelas águas calmas enquanto os últimos raios de sol iluminam o rio

O passeio de catamarã

O barco zarpa as 16:00h todos os dias e faz um tour pelo Rio Paraíba. Durante o percurso um guia vai explicando informações históricas e geográficas.

O valor é R$ 40,00 (outubro/2018), e é aconselhável que chegue ao local cedo, já que agências de receptivo costumam fazer a reserva para grandes grupos.

Caso queira reservar com antecedência, clique aqui ou procure alguma outra agência pela internet, existem várias.

A duração total do passeio é de aproximadamente 90 min.

O Jurandy sobe para tocar por 10 min em cada um dos barcos, mas não exatamente no por do sol, às vezes antes e às vezes depois.

Após o espetáculo o som muda para o forró com um casal fantasiado de Lampião e Maria Bonita.

 

Percepções do Viajante Curioso

A capital da Paraíba é um dos meus lugares favoritos do Nordeste.

João Pessoa é mais calma, mais barata e tem atrações para todos os gostos. Tenho a impressão que isso se deve ao fato da mesma ser um pouco ofuscada pelas outras capitais da região.

Ficar em Tambaú é uma delícia, a praia tem águas claras e mornas e a oferta de restaurantes no bairro é farta.

Praia de Tambaú
Praia de Tambaú

O centro histórico de João Pessoa também é interessante e deve ser conhecido. Outro lugar bonito para ver o por do sol em João Pessoa é no antigo hotel Globo, também na parte antiga da cidade.

A bonita Igreja de São Francisco no centro histórico de João Pessoa
A bonita Igreja de São Francisco no centro histórico de João Pessoa

O espetáculo do por do sol é bonito e emocionante, o Jurandy consegue sincronizar os acordes finais da música aos últimos raios de sol.

Quando estive lá também ouvi a Ave Maria de Gounod às 18:00h, porém não tenho informação se foi uma “palhinha” ou se o mesmo executa a música todos os dias.

E aí, qual foi o por do sol mais bonito que vocês já assistiram ?

O que acham da demolição dos bares ? Vocês acreditam que o governo poderia ter tentado algum acordo ?

 

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Compartilhar:
6 comments Add yours
  1. Cidade muito bonita, povo acolhedor e comida muito boa. O ÚNICO PROBLEMA É QUE NÃO TEM VOOS DIRETOS. Temos que ir a Salvador, Recife, Indochina e então pegar um voo para João Pessoa.

    1. Olá Sérgio,

      Obrigado pela leitura!!
      Realmente a oferta de voos é restrita. Isso pode ser um fator positivo por conta de não ter tantos turistas, mas com certeza voos com conexão cansam.
      Abraço

  2. O governo fez de modo correto a demolição dos bares. Todos tentam ser politicamente corretos, mas o fato é que todos também ter que respeitar as leis. Não adianta o repórter fazer graça tentando ser em cima do muro, TODOS TEM DIREITOS MAS TODOS SEM EXCEÇÃO TEM DEVERES. Este sempre foi o problema do Brasil, todos nós queremos limpeza, água limpa, mas aceitamos quando nos interessa que o barzinho da praia pega a água do mar para limpar os pratos.

    1. Olá Sérgio,

      Concordo plenamente com você até porque acredito que o turismo deva sempre ser responsável de modo a não prejudicar o meio ambiente.
      Trouxe a questão para que tenhamos opiniões como a sua e de outras pessoas que conversei por lá, dizendo de muitos empregos diretos e indiretos que foram perdidos. Muitas pessoas que tinham bares lá acreditavam que poderia haver uma maneira de regularizar a situação.
      Obrigado por nos dar sua opinião
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *