Praia do Góes: um bonito passeio em Santos

Última atualização em

A Praia do Góes se localiza no Guarujá, mas é super fácil de ir a partir de Santos, onde pequenos barcos cruzam para a prainha várias vezes ao dia.

Praia do Góes
Incrível pensar que esta praia está pertinho de Santos

Santos

Santos sempre foi uma cidade meio esquecida por mim. Quando criança, apenas passava por lá, quando ia de férias para Mongaguá.

A primeira vez que fui especificamente para Santos foi em 2008 e depois somente no Reveillon de 2019.

Mas muito disso se deve à balneabilidade das praias da cidade, quase sempre impróprias para banho.

Outra questão, é que esta parte do litoral tem areia escura e batida, o que difere daquela visão de areia branca e fofa que sempre idealizamos.

Praia de Santos
A areia batida e escura é comum nas praias de Santos.

Porém, a cidade de Santos, com seus mais de 400.000 habitantes, oferece muito o que fazer e atende bem àquele turista que não foca especificamente suas férias em “passar o dia todo na praia”.

Mas o que tem para fazer em Santos ?

O que fazer em Santos

Sou amante da natureza, mas gosto de um asfalto viu!! Acho legal quando podemos ter os dois.

Santos proporciona isso.

A orla de Santos é contornada por um imenso jardim, e se não me engano é o maior deste tipo no mundo.

Orla de Santos
Caminhar pelos jardins da Orla de Santos é um programa perfeito

Este já é um passeio perfeito: caminhar pela orla.

Acho muito bonita a mureta que acompanha as praias. No melhor estilo art-decó, estão ali desde os anos 40.

Mureta de Santos
As charmosas muretas de Santos

Outro ponto que me chamou bastante atenção é que as muretas são branquinhas, e tive a impressão que a manutenção é constante.

Principalmente na Ponta da Praia, as vistas são lindas, pois do outro lado, já no Guarujá, vemos a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande.

Visual Ponta da Praia
A bonito visual da Ponta da Praia, do outro lado a Fortaleza de Santo Amaro, já no Guarujá.

Fora isso, houve investimentos nos últimos anos no Centro Histórico de Santos, onde o grande destaque vai para o Museu do Café, um bonito e imponente edifício.

Bolsa do Café
Uma rua do centro histórico de Santos com o imponente edifício onde fica o Museu do Café

Conheci o Centro Histórico em 2008 e voltei em 2019. Achei que fosse encontrar mais casarões restaurados, porém, com exceção do Casarão do Valongo, onde funciona o Museu Pelé, não vi muita diferença.

Casarão do Valongo
Cheguei a ver este casarão em ruínas em 2008. Agora está novinho em folha.

O local tem um enorme potencial turístico, mas precisa de investimentos. É  triste ver enormes casarões em ruínas, onde poderiam funcionar centros culturais, escolas e museus.

Praia do Góes

Quem decide passar alguns dias em Santos, pode escolher programas culturais, históricos e naturais. Uma dica bem legal para um dia, é conhecer a Praia do Góes.

Praia do Góes
Relaxando na Praia do Góes

Localizada no município do Guarujá, a mesma fica bem em frente à  orla de Santos, mas se difere pois tem areia branca e águas claras.

Não estranhe se encontrar um resíduo amarelo boiando. Perguntei para moradores locais e eles me falaram que aquilo é farelo de trigo que escapa dos grandes cargueiros.

Vale lembrar que ali é o fim do Estuário de Santos, um canal onde passam todos os navios com acesso ao maior porto da América Latina.

Cargueiros
Cena comum: estar na praia e ver os grandes cargueiros seguindo para mar aberto

É muito comum estar na praia e ver um cargueiro ou navios de cruzeiros atravessando o canal.

A Praia do Góes é pequena, tem apenas 250 m de extensão e só dá para chegar  até lá de barco ou por trilha.

Existem algumas opções de quiosques e restaurantes de praia, tudo bastante simples.

Várias embarcações ficam ancoradas por ali, no dia que conheci tinha até um iate com um enorme pelicano rosa.

Travessia para a Praia do Góes

Em frente ao Clube Vasco da Gama, na Ponta da Praia, tem um terminal de onde saem os barcos para a praia: a Ponte Edgard Perdigão.

Terminal de Passageiros
Deste terminal saem os barcos com destino à Praia do Góes

Chegando ao terminal, basta seguir as placas. Lembrando que dali também saem os passeios de escuna.

Indicação Praia do Góes
Siga as placas

Não sei exatamente a periodicidade dos barcos, mas não esperei mais de 10 minutos.

O pagamento é feito diretamente ao barqueiro, e em Dezembro de 2019, custava R$ 3,10 cada trecho.

Barco para travessia para a Praia do Góes
São barcos pequenos com capacidade para 25 pessoas

A travessia é feita em menos de 10 minutos. Achei legal quando o barco passou pertinho da Fortaleza de Santo Amaro, um visual bem bonito.

Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande
Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande vista durante a travessia

Em poucos minutos o barco atraca num pequeno pier, e dali numa curta caminhadinha nos leva à praia.

Pier
Os turistas esperando o próximo barco para Santos

Este trecho proporciona um belo visual, bem como da orla de Santos.

Trecho entre o pier e a praia
Pequeno trecho de caminhada entre o pier e a praia

É um contraste, pois a praia é margeada por morros cobertos pela Mata Atlântica e do outro lado vemos todos os enormes prédios.

Orla de Santos
Contemplando a Orla de Santos

O que fazer na Praia do Góes

Relaxar.

A praia é pequena e tem uma vilinha. Na areia tem alguns restaurantes que servem porções, cerveja, drinks e refrigerante.

Eu fiquei no Cantinho da Nelma, mas como era dia 31/12, o serviço parou as 14:00h.

Cantinho da Nelma
Escolhi este bar e o atendimento foi bom

Mesmo assim, tomamos uma cerveja e pedimos uma porção generosa de iscas de frango e batata por R$ 65,00. Estávamos em 4 pessoas e foi suficiente. Até sobrou.

Me disseram que tem um restaurante que serve refeições por ali, mas não conheci.

Para quem curte SUP é possível alugar pranchas por R$ 30,00 a hora. Alugando duas sai por R$ 50,00.

Eu aluguei e remei por ali, foi bem gostoso contemplar o visual da orla, e ainda tive a sorte de ver uma tartaruga gigante.

SUP
Sempre que posso dou umas remadas por aí

Para quem conhece as praias do litoral norte de São Paulo, e mesmo as do Guarujá, a Praia do Góes não oferece tantas coisas diferentes.

Para mim, o mais interessante é navegar por 10 minutos de uma cidade enorme como Santos e encontrar um lugar que parece uma vila de pescadores.

Achei este contraste bem legal.

Trilha Praia do Góes – Sangava

Para quem gosta de trilha, é possível ir até a praia do Sangava, e esta é bem rústica, já que não tem estrutura alguma.

Acabei não indo por falta de tempo, mas pelo pesquisei é uma trilha de nível médio, com duração aproximada de 80 minutos. O primeiro trecho é de aclive, então é bom ter um preparo mínimo.

Acabei conhecendo a Praia do Sangava num outro dia, durante um passeio de barco.

Praia do Tombo – Praia do Góes

Outra maneira de conhecer o lugar é pela estrada Santa Cruz dos Navegantes, nas proximidades da Praia do Tombo, no Guarujá. Dali são aproximadamente 8Km, mais ou menos uns 15 minutos de carro.

A estrada termina no bairro Santa Cruz dos Navegantes, também conhecido como “Pouca Farinha”.

Este é um bairro carente, esquecido entre Guarujá e Santos. As pessoas ali ainda vivem da pesca artesanal.

É através deste bairro que se tem acesso à Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande.

Também não conheci a fortaleza e não achei muitas informações na internet. Pesquisei para vocês e encontrei este site onde diz que o Museu Histórico funciona de terça a domingo entre 9:00h e 17:00h

Porém, seria legal confirmar antes, pois não sei se este é o site oficial,

Deste bairro tem uma trilha para a Praia do Góes com percurso aproximado de 30 minutos.

Como não conheci estes lados, não posso falar sobre a dificuldade das trilhas, mas li que tem trechos íngremes e não tem muita segurança, sendo assim considero que a melhor opção é de ir de barco mesmo.

Dicas Praia do Góes

Apesar da praia estar localizada no Guarujá, acredito que este é um passeio mais indicado para quem está em Santos.

Barcos travessia
Os barquinhos coloridos que fazem a travessia

Procure separar uma tarde por lá e voltar perto do por do sol, o qual é um espetáculo da Ponta da Praia.

A Ponta da Praia de Santos passou por uma revitalização e está muito bonita. Os bancos tem carregadores de celular e todo o calçamento está novinho.

Caso prefira, leve seu cooler para a Praia do Góes, mas procure consumir alguma coisa por lá, sempre é legal incentivar o comércio local.

Travessia Santos-Goes
Caso queiram, é possível fazer uma parada na fortaleza

Como falei anteriormente, a praia pode não ser a mais bonita que verá na vida, mas considere que você está num local perto de um grande centro urbano.

Fui para a Praia do Góes no dia 31/12 e mesmo sendo alta temporada não estava lotada.

E o mais importante de tudo, junte o lixo que produzir e coloque nas lixeiras.

Caso queira programar um passeio de um dia completão, saia cedo, conheça a Fortaleza de Santo Amaro (os barcos param por lá também), depois sigam de barco ou por trilha até o Góes e continuem direto para a Praia do Sangava.

Deixe a Praia do Góes por último, para dar uma relaxada e comer alguma coisa.

Também é possível ir de barco para a Praia do Sangava, mas lá não tem um local para o barco atracar, então considere algo meio “aventureiro”.

Alguns sites interessantes:

Turismo em Santos

Turismo no Guarujá

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *