Liubliana: a pequena capital da Eslovênia é um ponto estratégico na Europa Central

Liubliana é um nome pouco conhecido, capital da Eslovênia, país que vem investindo muito em turismo. A cidade é pequena, fácil de conhecer e tem atrações nos arredores como belos lagos cristalinos, montanhas e castelos.

Liubliana
O Rio Liublianica que corta a cidade de Liubliana

Neste artigo você vai ver

Roteiros pela Eslovênia. Clique Aqui
O que fazer em Liubliana. Clique Aqui
Arredores. Clique Aqui
Dicas do Viajante Curioso. Clique Aqui

Roteiros pela Eslovênia

Conheci Liubliana durante uma Viagem por Croácia, Montenegro, Bósnia e Eslovênia.

Sabia que existe um tour Game of Thrones em Dubrovnik na Croácia que leva os turistas para os lugares que foram usados como locações da série ?

Outra opção é ir um pouco além da Itália. Desde Veneza são 240 Km até Liubliana, mas você não precisa ir direto, no meio do caminho conheça a charmosa Piran.

PIRAN
Piran é meio italiana, meio eslovena. Foi uma bela surpresa no litoral do pequeno país.

Apesar da proximidade os países são bem diferentes, mas você notará ainda muitas placas em italiano nos comércios.

Liubliana também tem uma posição geográfica estratégica, já que praticamente está no caminho para Hungria, Áustria e Croácia.

Todas as opções acima colocam a Eslovênia num epicentro cultural entre Viena, Praga e Budapeste, importantes cidades da Europa Central.

Porém, não deixe de conhecer um pouco mais do país e passar alguns dias pela capital, a qual é um ótimo ponto de partida para passeios pelas Cavernas de Postojna, Castelo de Predjama e pelo Lago Bled.

Aconselho 3 dias para a cidade, no entanto se gosta de trekking e quer fazer atividades pelo Triglav por exemplo, seria necessário ficar mais um dia.

Considero que nestes três dias o caro leitor vá fazer day trips pela região, já que os pontos principais da cidade de Liubliana podem ser conhecidos em apenas um dia.

Voltar ao início. Clique Aqui

O que fazer em Liubliana

Com menos de 300.000 habitantes em um área um pouco menor que Santos no litoral de São Paulo, não é nada difícil se deslocar pelos principais pontos turísticos a pé.

A grande atração é andar descompromissadamente pelo centro histórico, às margens do rio Liublianica, parando nos charmosos restaurantes e cafés.

Um dia é suficiente para explorar o essencial da cidade e tentar ler palavras sem vogal. Pois é, em esloveno várias palavras não tem vogais, e isso é comum em nomes de ruas por exemplo.

Alguns exemplos: vrv (corda) e trg (mercado). Não sei ao certo como se pronuncia, nem o Google conseguiu me dar uma resposta. Mas deixando um pouco a gramática de lado, vamos ver as principais atrações da cidade.

Ponte do Dragão

Existem bonitas pontes sobre o Rio Liublianica, porém esta chama a atenção por ter os dragões. Estes monstros são o símbolo da cidade e facilmente você os verá em outros lugares.

Dragão de Liubliana
O Dragão de Liubliana

Segundo a mitologia grega, quando Jasão e os Argonautas chegaram no Rio Liublianica se depararam com o terrível dragão. Houve então uma luta e Jasão o venceu heroicamente. Sendo assim, Jason seria o primeiro morador de Liubliana.

A ponte foi construída no início do século XX quando a Eslovênia ainda fazia parte do Império Austro-Húngaro.

Ponte tripla

Um dos cartões postais de Liubliana faz uma bonita composição com a Igreja Franciscana de fachada rosa do século XVII

A importância desta ponte é que a mesma liga a cidade medieval à nova Liubliana. A noite tem uma iluminação especial que garante boas fotos.

ponte-tripla-liubliana
O vai e vem de pedestres pela Ponte Tripla

Rio Liublianica

O rio com suas pontes é bastante fotogênico. Ali é possível fazer um passeio de barco e no verão dar uma volta de caiaque ou stand-up-paddle.

Ponte Liublianica
São várias as pontes sobre o Liublianica, tem até uma com cadeados como em Paris

Castelo de Liubliana

Presença marcante na cidade, o castelo se encontra em uma colina logo acima da cidade medieval. É possível ir até lá de funicular, ou a pé como eu fui.

castelo-liubliana
O Castelo de Ljubljana

No Castelo do século XVII existe uma torre de onde é possível ter um bonito panorama da cidade.

liubliana-vista-castelo
Liubliana desde a torre panorâmica do castelo

Ainda no castelo, pode-se conhecer a Capela de São Jorge e a antiga prisão.

Se gosta de artes, tem uma exposição sobre a História da Eslovênia.

Achei bastante interessante uma réplica de uma famoso afresco esloveno chamado Dance of Death, onde pode se observa nobres, reis e papas de mãos dados com esqueletos. Representando assim a morte como a maior certeza humana.

A arte nos ajudando a entender a vida
A arte nos ajudando a entender a vida

Horário de funcionamento

Castelo e Funicular

  • Janeiro a Março, Novembro: 10:00-20:00 diariamente,
  • Abril, Maio, Outubro: 9:00-21:00 diariamente,
  • Junho a Setembro: 9:00-23:00 diariamente,
  • Dezembro: 10:00-22:00 diariamente.

Centro de informações, Visita Virtual, Torre Panorâmica, Museu, capela e prisão

  • Janeiro a Março, Novembro: 10:00-18:00 diariamente,
  • Abril, Maio, Outubro: 9:00-20:00 diariamente,
  • Junho a Setembro: 9:00-21:00 diariamente,
  • Dezembro: 10:00-19:00 diariamente, Torre Panorâmica aberta até 21:00.

Igreja Franciscana da Anunciação

A singela igreja de fachada rosa, logo a frente da Ponte Tripla, compõe um dos cartões postais mais conhecidos de Liubliana. A praça Prešernov Trg (olha aí a palavra sem vogal) é animada, com muitas crianças e famílias passeando.

A singela Igreja da Anunciação
A singela Igreja da Anunciação

Catedral de São Nícolas

A Catedral do começo do século XVIII é um bonito exemplar do Barroco na Eslovênia.

Existiu uma antiga catedral que foi construída no século XIII e que foi alterada algumas vezes, em meados do século XV a mesma foi incendiada pelos turcos.

catedral-sao-nicolas
As torres da Catedral de São Nícolas se destacam na cidade antiga

Caminhar pelas ruas livres de carros próxima à Catedral é uma delícia, existem vários restaurantes e cafés por ali.

Mercado Central

Feiras e mercados estão na moda no mundo todo, em Liubliana não poderia ser diferente.

Existe uma parte ao ar livre e uma parte coberta. O mercado coberto é uma obra do famoso arquiteto Jože Plečnik.

mercado-central-liubliana
O Mercado Central foi projetado por Jože Plečnik e construído entre 1931 e 1939

Além do mercado, existem várias lojas ao longo do Rio Liublianica.

Toda sexta-feira, desde meados de março até outubro ocorre um evento onde os chefs da cidade preparam pratos de toda parte do mundo.

Prefeitura de Liubliana

Outro bonito edifício em estilo barroco chama a atenção na parte antiga da cidade

O estilo atual do prédio foi concebido no século XVIII, não deixe de apreciar a bonita estátua de Hércules com um leão.

Mais um exemplo do Barroco na capital da Eslovênia
Mais um exemplo do Barroco na capital da Eslovênia

Metelkova

Para muitos pode apenas ser um lugar alternativo, para outros é impossível associar este lugar tão despojado com o barroco de Liubliana.

Para não ficar na dúvida fui. Metelkova é uma região com vários casarões antigos formando um centro cultural alternativo. A decoração dos bares e pubs é bem “diferentona” com casas coloridas, esculturas de materiais de reciclagem e baladas que vão noite afora.

metelkova-liubliana
A descolada região de Metelkova

Às vezes com uma cara underground, Metlekova é palco de performances, exibições e festivais.

O mais interessante é que toda a área eram quartéis de quando a Eslovênia ainda fazia parte da antiga Iugoslávia (quem lembra da história ?).

Metelkova era o Quartel General das Forças Armadas da Iugoslávia. Até que em em 1991, quando a Eslovênia se torna independente, grupos alternativas e outras organizações pediram autorização para o uso do espaço para propósitos pacíficos e culturais.

A prefeitura de Liubliana aceitou e não aceitou digamos assim. Eles têm permissão para ficar lá, mas na verdade as autoridades não querem. Entre idas e voltas Metelkova é uma lugar que merece sua visita, mas vá de mente aberta.

A região não é perigosa, mas tem um clima meio underground. Como sou curioso fui de dia e a noite numa das baladas de lá. Foi super tranquilo e pude entender a “vibe do lugar”.

Voltar ao início. Clique Aqui

Day Trips e Arredores de Liubliana

Caverna de Postojna

Localizada a 52 km de Liubliana, este conjunto de cavernas tem 24 Km de túneis e é uma atração muito conhecida do país.

O acesso é feito por uma espécie de trenzinho, desta forma não existe nenhuma restrição de acesso.

caverna-postojna
Uma das atrações mais conhecidas da Eslovênia

Castelo de Predjama

Localizado a 62 Km de Liubliana e a 9Km da caverna, este castelo chama a atenção por estar incrustado numa montanha.

O visual do castelo é incrível. Não conheci o interior pois tinha lido em vários blogs que não valeria a pena, mas somente a visita externa compensou muito.

castelo-predjama
O impressionante Castelo de Predjama

** estas duas atrações podem facilmente ser feitas em uma manhã.

Lago de Bled

Localizado a quase 70 Km de Liubliana o lago de Bled é outra atração famosa do país.

Águas transparentes, uma pequena ilha com uma igreja no meio do lago e um castelo numa montanha formam uma paisagem de conto de fadas.

Lago Bled
O fotogênico Lago de Bled

Voltar ao início. Clique Aqui

Dicas do Viajante Curioso

Liubliana é uma cidade pequena, porém simpática, mas se você já foi à Praga ou Budapeste não espere a mesma ostentação. Liubliana não tem esta grandiosidade.

Não fiquei apaixonado pela cidade, porém o lugar tem bonitas praças, ruas charmosas e toda a margem do Rio Liublianica, que rende boas caminhadas.

Pelas ruas da Antiga Liubliana
Pelas ruas da Antiga Liubliana

Tanto Liubliana quanto a Eslovênia cabem bem num roteiro entre Itália, Hungria, Áustria e também pela Croácia.

Não sairia do Brasil para conhecer exclusivamente a Eslovênia, mas acho que compõe bem um roteiro pela Europa Central.

Conforme citei acima é possível ir até a Cavernas de Postojna num day trip desde Liubliana. Apesar de ser uma atração super conhecida por lá, não fiquei muito impressionado, pois é uma caverna muito turística com trenzinho, lojas, etc. Acho que para quem tem o PETAR fica difícil se encantar com outras cavernas.

Mas se for curioso vale a pena pela história do local e para ver um salão que pode receber 10.000 pessoas. Até grandes eventos como concertos acontecem lá dentro.

Enfim, Liubliana é uma cidade para relaxar depois de roteiros agitados e grandes deslocamentos, sendo assim ficar um ou dois dias por lá pode ser uma boa.

Faça as reservas de hotel com bastante antecedência. Tivemos dificuldade para encontrar algum lugar com bom custo benefício, já que achei a oferta de hotéis limitada.

Caso decida-se por alugar um carro na Eslovênia, você precisa obrigatoriamente comprar um vignette, que é um selo que deve ser colado no vidro frontal. Com este você pode circular pelos estradas, já que não existem pessoas para receber manualmente no pedágio.

ruas Liubliana
Descobrindo ruas calmas e tranquilas

De qualquer forma é interessante observar como a Europa é diversa e em poucos quilômetros encontramos países com culturas completamente diferentes.

site Visit Ljubljana é super completo e tem muitas informações sobre a cidade.

O que você já sabia sobre a Eslovênia ?

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Voltar ao início. Clique Aqui

Compartilhar:
2 comments Add yours
  1. Ótimo Post Diego… super completo! Tem lugar em Liubliana que não conheci kkk. Qualquer hora terei de voltar!
    Parabéns!

    1. Valeu Ci!!
      Acho que você só não foi no castelo, porque fui naquele dia que você e o Júlio foram fazer trilha.
      Obrigado!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *