Cânions do Rio São Francisco: toda a beleza do Xingó em um lindo passeio de barco

Cânions do Rio São Francisco desde Aracaju

Demorei um pouco para conhecer a capital do Sergipe e posso dizer que gostei muito. É curioso que em algumas praias, como a do Atalaia, a faixa de areia é imensa, e fica difícil ver da orla onde as ondas quebram.

A bela orla de Aracaju
A bela orla de Aracaju

Outro ponto interessante são os manguezais que ficam no perímetro urbano, alguns deles se tornaram parques, como o do Tramandaí, com a preocupação de serem preservados.

A hidrelétrica do Xingó e os Cânions do Rio São Francisco

Apesar da cidade de Aracaju merecer vários e vários posts vou focar aqui nos Cânions do Rio São Francisco e em uma cidade no Alagoas que foi uma bonita surpresa depois do passeio de barco, o que contarei mais detalhes abaixo.

Não sei se é impressão minha, porém me parece que somente nos últimos anos tenho ouvido falar com mais intensidade sobre este passeio, que foge ao padrão “praia” no Nordeste. Acredito também que a novela “Velho Chico” deu um empurrãozinho turístico a esta linda parte do Nordeste brasileiro.

O São Francisco é um dos mais emblemáticos rios do Brasil, lembro-me que quando estudava sobre o mesmo observava curioso o mapa, pois mostrava o rio “subindo” em direção ao Norte, “geografismos” de lado, este rio desperta muitas curiosidades a seu respeito, como as navegações que utilizavam as carrancas para afugentar os maus espíritos que supostamente habitavam suas águas. Já tinha conhecido a Foz do São Francisco num lindo passeio de um dia que sai de Maceió e o Cânion do Xingó estava na minha lista de desejos. Logo logo quero ir pra famosa fronteira Petrolina – Juazeiro e conhecer a região.

Em 1995 foi construída  e Hidrelétrica do Xingó, o que alagou o leito do Rio Canindé, modificando assim o ecossistema e trazendo verde ao sertão sergipano. O nível do rio se elevou e os paredões rochosos se tornaram o que chamamos de Cânion do Xingó hoje em dia.

O passeio até a Foz do São Francisco
O passeio até a Foz do São Francisco

Quer saber como é passeio à Foz do São Francisco ? Conto tudo aqui.

Como é o passeio ?

Toda a estrutura do passeio está concentrada no restaurante Karrancas e de lá saem os concorridos barcos com direção ao Cânion. Reforcei o termo “concorridos” porque eu “teimosão” fui pra lá sem reserva alguma, por sorte, por conta de algumas desistências consegui fazer o passeio.

Sendo assim considero fortemente que faça a reserva anteriormente, pois não fui por agência e não achei nenhum lugar que pudesse reservar pela internet. Desta forma deixo o site da empresa que opera os catamarãs, se você, como eu, gosta de viajar de forma independente aconselho ligar lá e ver como reservar antecipadamente: Clique aqui para consultar o site. Quando fui (2014) existiam duas saídas: 10:30h e 11:30h.

Todo o passeio aos Cânions do Rio São Francisco tem 3 horas de duração, no início é contemplativo e depois chegamos a uma parte onde podemos mergulhar nas águas verdinhas do rio. Este espaço é totalmente delimitado, sendo assim, “você não pode nadar onde quiser”. Deste ponto, pode-se tomar uma canoa (valor não incluído no preço do catamarã) e conhecer o Paraíso do Talhado, onde por uma estreita passagem se observa os paredões alaranjados e a imagem de São Francisco num nicho natural da rocha, dependendo da hora do dia as águas ficam ainda mais claras neste trecho.

A imagem de São Francisco no Paraíso do Talhado
A imagem de São Francisco no Paraíso do Talhado

Onde fica ?

A cidade base é Canindé do São Fracisco, localizada a 200Km de Aracaju, pode-se ir de Maceió também, mas daí a viagem vai para pouco mais de 300Km e não acho que valha a pena ir de bate e volta.

Este é um passeio tradicional de Sergipe, não é difícil conseguir informações sobre como ir, mas de antemão digo que é um pouco cansativo, já que são 400Km rodados num dia, considerando ida e volta.

Navegando pelo Paraíso do Talhado
Navegando pelo Paraíso do Talhado

Refeições e bebidas

O próprio restaurante Karrancas oferece um buffet self-service, pois de acordo com o horário das saídas você estará faminto após o passeio. Nas embarcações também existe a venda de bebidas e petiscos e o tempo todo tem música rolando.

As pessoas no restaurante Karrancas se vestem com roupas tipo Lampião e Maria Bonita, lembrando a tradição histórica do lugar.

As águas claras do São Francisco
As águas claras do São Francisco

Minha grande surpresa

Quem me conhece sabe que sou o tipo de turista que quando vai para alguma atração acaba se apaixonando por algo que não esperava e assim aconteceu no Cânion do Xingó. Depois de ter pesquisa na Internet li relatos que indicavam conhecer Piranhas, que está a 10Km de Canindé. O certo era voltar para Aracaju, pois estávamos de carro alugado e teríamos que dirigir os 200Km de volta, mas a curiosidade foi maior que o cansaço.

Pelas estradas
Pelas estradas

Fiquei positivamente surpreendido com a histórica cidade de Piranhas, tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional e conhecida por ser o local de uma das batalhas com o Bando do Lampião, aliás você sabia que existe um passeio chamado Rota do Cangaço ?

A simpática cidade de Piranhas
A simpática cidade de Piranhas

A cidade é uma graça, conservada, com casario histórico, ruas charmosas de pedra, praia de rio e um mirante com um visual de tirar o fôlego.

Pude ficar ali com tempo limitado pois teria que voltar à Aracaju, mesmo assim nadei no Rio São Francisco e curti bastante as águas calmas do rio que margeiam a cidade.

As águas calmas do São Francisco
As águas calmas do São Francisco

Minha dica

Ficou com vontade de fazer este roteiro ? Aconselho, sem dúvida alguma ficar em Piranhas, tem pousadas super simpáticas, como a Asa Branca, juro que não estou ganhando nada com isso (mas quem sabe eles não me convidam pra passar um fim de semana por lá ? Quero muito fazer os outros passeios da região, fica a dica hehehe).

Mergulhar nas águas do São Francisco e assistir o por do sol do Mirante Secular foi lindo. Lembro-me, que já anoitecendo, ao deixar a cidade, alguns bares montavam mesinhas na rua, fiquei com pena de ir embora, mas não teve jeito. Vou ter que voltar!!

A vista da cidade de Piranhas desde o Mirante Secular
A vista da cidade de Piranhas desde o Mirante Secular

Sendo assim, a região oferece ainda mais opções ao incrível Cânion do Xingó, o que justifica alguns dias por lá.

A noite cainA noite caindo na simpática cidade de Piranhas e eu querendo ficar mais um pouco
A noite caindo na simpática cidade de Piranhas e eu querendo ficar mais um pouco

Achava que nosso lindo Nordeste é só praia ? Na próxima viagem considere esta região rica em cultura e com atrativos naturais.

E ai, já se planejando para conhecer os Cânions do Rio São Francisco ?

Continuar lendo “Cânions do Rio São Francisco: toda a beleza do Xingó em um lindo passeio de barco”

Compartilhar: