Você sabia que existe um Castelo em Recife ? Conheça o Instituto Ricardo Brennand

Instituto Ricardo Brennand: Um castelo em Recife

Aposto que se eu mostrasse a foto abaixo e não falasse que é em Recife, você poderia achar que este castelo se localiza em algum lugar da Europa.

O Castelo de São João no Instituto Ricardo Brennand. Um castelo em Recife
O Castelo de São João no Instituto Ricardo Brennand

Pois é, o turismo em Recife vai além das belas praias. Hoje quero falar do Instituto Ricardo Brennand, que é uma excelente opção de passeio na capital pernambucana.

O Instituto Ricardo Brennand é um espaço cultural e museu com um interessante acervo artístico e histórico. Além disso o local é cercado por uma preservada reserva de Mata Atlântica.

Em meio aos jardins super bem cuidados o lugar é uma excelente opção de passeio em Recife
Em meio aos jardins super bem cuidados, o lugar é uma excelente opção de passeio em Recife

Além de todo espaço, extremamente bem cuidado, o Castelo Museu São João impressiona com sua arquitetura medieval. No interior do mesmo existe a exibição de uma interessantíssima coleção de armas brancas, sendo que a parte de espadas me chamou bastante a atenção.

Como chegar

Recife é uma cidade grande, então depende de onde estiver hospedado. Caso esteja em Boa Viagem, a distância aproximada são 19Km, e dependendo do trânsito pode demorar uns 50 min.

Existem vários hotéis que oferecem um passeio até lá, porém acredito que com a facilidade do UBER é melhor ir por conta própria e conhecer o lugar tranquilamente.

Evite os “foras”

Não confundir o Instituto Ricardo Brennand com a Oficina de Cerâmica Brennand, que aliás é outro lugar incrível de Recife, o qual vou escrever um artigo em breve.

Caso queira fazer os dois lugares no mesmo dia é perfeitamente possível, sendo assim você pode dedicar meio período para cada um, já que a distância entre os mesmos é de menos de 7km.

O que ver no Instituto Ricardo Brennand

O Instituto Ricardo Brennand fica localizado numa área de quase 78.000 m3,  desta forma é possível imaginar a grandiosidade do lugar, o qual já chama a atenção logo na chegada.

Dá uma olhada neste mapa para ter uma noção:

Imagem do site www.institutoricardobrennand.org.br
Imagem do site www.institutoricardobrennand.org.br

Jardim das Esculturas

Em um jardim muito bem cuidado várias esculturas se destacam, como a réplica do David de Michelangelo. O lugar tem vários bancos para os visitantes relaxarem e curtirem a paisagem.

O Jaardim das Esculturas com uma réplica do David de Michalangelo
O Jardim das Esculturas com uma réplica do David de Michelangelo

Outra escultura bastante interessante é a Dama e o Cavalo, de Fernando Botero, o colombiano famoso por retratar figuras e personagens gordinhos.

A Dama e o Cavalo de Botero
A Dama e o Cavalo de Botero

Galeria

Um enorme salão, daquelas que ostenta, é destinado à exposições temporárias. O destaque vai para a réplica de O Pensador, de Rodin.

O Pensador - Rodin
O Pensador – Rodin

Não deixe de passear pelos corredores com piso xadrez e várias esculturas entre os arcos da bonita construção.

Cada detalhe do Instituto Ricardo Brennand chama a atenção
Cada detalhe do Instituto Ricardo Brennand chama a atenção

Pinacoteca

Além de todo o rico acervo, deixo como dica visitar uma sala que tem um conjunto de imagens, como o Madame Tussauds de Londres, onde está representado um julgamento. O nome da obra é “O Julgamento de Nicolas Fouquet”.

O conjunto de bonecos representam o juiz, o réu e as pessoas que estavam na sala de julgamento.

Os bonecos em uma representação perfeita de um julgamento
Os bonecos em uma representação perfeita de um julgamento

É interessante ver a posição das imagens e as expressões. Vale a pena!!

São João – Um Castelo em Recife

Acredito que esta seja a cereja do bolo, já que não imaginava que existisse em castelo em Recife com direito até a fosso e ponte levadiça.

O Castelo Museu São João
O Castelo Museu São João

O interior é impressionante com seus belos vitrais e arquitetura que lembra os castelos medievais. Este castelo em Recife é destinado à exibição de uma coleção de armas brancas: são mais de 3000 peças entre facas, espadas e adagas.

O impressionante interior do castelo. Fonte: www.institutoricardobrennand.com.br
O impressionante interior do castelo. Fonte: www.institutoricardobrennand.com.br

Uma curiosidade: Logo na entrada tem um cachorro empalhado com armadura. Foi a primeira vez que vi uma armadura canina.

Em um canto da sala de exposição as espadas do último imperador do Egito chamam a atenção. As armas que pertenceram ao Rei Faruk fazem parte da vasta coleção do Instituto. Apenas tomem cuidado para não se aproximar muito, quando fui existia um sensor que apitava se tentasse tocar ou aproximar muito das mesmas, e a gente ficava com aquela cara de criança que fez algo errado.

Com exceção às armas brancas, existem dois fuzis que pertenceram a D.Pedro I e D.Pedro II

Capela de Nossa Senhora das Graças

Ainda dentro do complexo do Instituto Ricardo Brennand, a Capela é outro lugar que merece uma visita. Em estilo gótico, seu interior impressiona com a luminosidade que traz todo o colorido para os vitrais.

Capela de Nossa Senhora das Graças. Fonte: www.institutoricardobrennand.com.br
Capela de Nossa Senhora das Graças. Fonte: www.institutoricardobrennand.com.br

Note também os 14 anjos que adornam a bonita igreja.

Você sabia que segundo o site Tripadvisor, o Instituto Ricardo Brennand está entre os 25 melhores museus do mundo ?

Horário de funcionamento e valores

Aberto de terça a domingo, das 13h as 17h, porém a última entrada é às 16:30

Aconselho que separe uma tarde ou uma manhã para conhecer tudo com calma, existe um restaurante bem legal caso decida almoçar por lá.

O valor do ingresso é R$ 30,00 (ago/18) e é cobrado meia entrada para pessoas com deficiência, estudantes, professores e idosos acima de 60 anos

Tem uma super dica!!

Na última terça-feira de cada mês, o acesso é gratuito para todos (exceto nos meses de janeiro, julho e dezembro).

E aí, gostou da dica ? Sabia deste castelo em Recife ?

Acesse o site do Instituto Ricardo Brennand e consulte informações mais detalhadas caso tenham alguma dúvida.

Até a próxima e sigam-me no Instagram, todo dia posto uma dica nova: @viajante_curioso

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Continuar lendo “Você sabia que existe um Castelo em Recife ? Conheça o Instituto Ricardo Brennand”

Compartilhar:

Quando é o São João de Caruaru ? Leia o relato de um paulista na maior festa do Brasil

Quando é o São João de Caruaru ? Saudades da festança em Pernambuco

Se você é paulista como eu esqueça um pouco nossas Festas Juninas, sim elas são lindas e tradicionais, porém o Brasil é tão grande que a comemoração dos Santos de Junho acontece um pouco diferente no Nordeste.

Duas cidades rivalizam sobre o maior São João do Mundo: Caruaru e Campina Grande, eu como mero paulistano não vou entrar nesta discussão, mesmo porque só estive no São João de Caruaru. Galera de Campina Grande, me convidem, quero escrever sobre vocês também.

Quando é o São João de Caruaru ? Saudades da maior festa do Brasil
Quando é o São João de Caruaru ? Saudades da maior festa do Brasil

Caruaru é um município do Agreste Pernambucano, tem um população de mais de 350.000 habitantes e guarda tradições que por muitas vezes não são conhecidas pelo resto do país. Isso porque o São João no Nordeste é “coisa séria”, as cidades se enfeitam e tudo gira em torno de uma das maiores festas do Brasil. O São João de Caruaru é uma festa que, na minha opinião, todos devem conhecer.

Caruaru no São João é uma festa, músicas por todos os lados
Caruaru no São João é uma festa, músicas por todos os lados

Como fui pra lá

Depois de anos e anos tentando ir, já que minhas férias não coincidiam com junho resolvi fazer uma loucura, fui no São João de Caruaru por um final de semana em 2016, sei que não é indicado, pois a cidade e o São João merecem mais dias ao meu ver.

Minha cunhada é de lá e ela sempre falava que eu adoraria a festa, e decidi que daquele ano não passaria. Foi a melhor coisa que fiz, e digo de antemão uma das festas mais divertidas que participei, rivalizando até com o carnaval. Sei que a festa é santa, afinal celebramos  São João, mas o forró não deixa ninguém parado.

Bem vindos à Capital do Forró
Bem vindos à Capital do Forró

Como chegar lá

Existe um aeroporto em Caruaru, porém possivelmente a maior oferta de voos será para Recife.

Caruaru não está longe de Recife, 131 km separam a capital à Cidade do Forró, um percurso que pode ser percorrido em uma hora e quarenta  minutos mais ou menos, a Viação Progresso faz este trecho, na época custava R$ 26,00 e é possível comprar antecipadamente pela Internet.

Existem opções de transfers para lá, como a Martur, cheguei a cotar mas como estava indo em duas pessoas não valeria a pena. Você pode também tentar um Uber, na época saiu algo em torno de R$ 180,00 (aeroporto de Recife – centro de Caruaru). A questão do ônibus é que você precisa sincronizar os horários e se deslocar para a rodoviária de Recife, para que não precise passar um dia na capital pernambucana.

Se você for de Uber combine com o motorista a volta, na época que fui não tinha transporte por aplicativo em Caruaru, e durante a festa esta viagem Recife-Caruaru-Recife é bastante comum, sendo assim paguei R$ 280,00 o retorno até o aeroporto, pois tive que usar taxi. Negocie.

Cheguei e fui direto para o Pavilhão do Forró
Cheguei e fui direto para o Pavilhão do Forró

Quantos dias ?

Eu fiquei um final de semana, sendo assim fui três dias para a festa. Quando cheguei lá já curti o Pavilhão do Forró e meu voo de volta foi numa segunda-feira de madrugada, desta forma pude aproveitar o domingo à noite também.

Bom, para você que se planeja seria mais interessante quatro dias, partindo numa quinta cedo e voltando no domingo.

Praça Coronel João Guilherme no centro de CaruaruPraça Coronel João Guilherme no centro de Caruaru

Onde ficar ?

Este é um tema complicado, decidi ir para lá apenas 15 dias antes e todos os hotéis estavam lotados, existiam assim opções mais distantes e outras mais caras, preparem-se com bastante antecedência para conseguir algo com bom custo benefício.

Eu fiquei numa pousada bastante simples, que não tem um padrão turístico, sendo assim não poderia indicar, pois é tipo aqueles pequenos hotéis de pessoas que vão a Caruaru para compras, vale lembrar que a cidade é um polo de vestuário. Foi a única opção que encontrei por lá na época.

Planeje-se com antecedência, a cidade lota durante o São João
Planeje-se com antecedência, a cidade lota durante o São João

Como é a festa

O São João de Caruaru é dividido em polos, em 2018 serão 21 polos, sendo 11 na região urbana, aos quais tenho mais propriedade em falar pois os conheci. Os outros polos se localizam na zona rural da cidade.

De posse da agenda de eventos sabendo quando é o São João de Caruaru tente se organizar para encontrar a festa que mais parece com você. Obviamente o Polo Mestre Gonzaga (Pavilhão do Forró) deverá estar em um dos dias, é lá que ocorrem os grandes shows. O lugar é enorme, e marcado por uma estátua do Gonzagão logo na entrada.

Gonzagão dando as boas vindas no Pavilhão do Forró
Gonzagão dando as boas vindas no Pavilhão do Forró.

Bandeirinhas decoram tudo e existem muitas opções de comida. Lá também fica o Museu do Forró, não tive tempo de conferir, porém com certeza vale a visita.

Viver o São João de Caruaru é um mergulho nas tradições do Agreste Pernambucano, desta forma aconselho você nesta viagem deixar o litoral um pouco de lado. É grande a associação do Nordeste com praia, também pudera, são maravilhosas, mas garanto que as tradições nordestinas vão muito mais além disso.

As bandeirinhas coloridas em Caruaru
As bandeirinhas coloridas em Caruaru

Outro polo lindo é a Estação Ferroviária, lá você encontra o famoso Polo das Quadrilhas. Esqueça um pouco aquela ideia da quadrilha de São Paulo, lá é totalmente diferente: a dança conta histórias, a coreografia é num ritmo diferente e o colorido das roupas é de encher os olhos.

As quadrilhas estilizadas de Caruaru
As quadrilhas estilizadas de Caruaru

Lá na estação existe a Cidade Cenográfica: casas coloridas, igrejinha e balões por toda parte remetem às antigas festas de São João de Caruaru. Um lugar muito bonito para curtir durante as tardes e tirar belas fotos.

A Igrejinha da cidade cenográfica tem até um padre
A Igrejinha da cidade cenográfica tem até um padre

Outro polo bastante interessante é o Alto do Moura, antes de falar da festa é preciso entender que este é um lugar cultural muito importante, não só do Brasil, já que é o maior Centro Cultural de Artes Figurativas das Américas.

O Portal do Alto do Moura
O Portal do Alto do Moura

Mas o que é isso ?

Figurativismo ou arte figurativa são os termos usados para descrever as manifestações artísticas que representam: a forma humana, os elementos da natureza e os objetos criados pelo homem. Ele pode ser realista ou estilizado, desde que haja o reconhecimento do que foi desenhado. Fonte: Wikipedia

Resumindo, é quando a arte não é abstrata e se reconhece a figura humana, os animais, objetos e paisagens. Podem ser na forma de pintura, escultura e gravura por exemplo.

Neste contexto não podemos esquecer de Mestre Vitalino, nascido em Caruaru retratou a vida do nordestino nas famosas esculturas feitas de barro, sua obra foi reconhecida como arte figurativa e o artista teve suas peças expostas no Louvre. Por aí se vê a importância do Alto do Moura, onde diversos atelies mostram o figurativismo nesta área tão interessante de Caruaru.

Forró rolando no Alto do Moura
Forró rolando no Alto do Moura

No São João de Caruaru o Alto do Moura é uma festa, ruas lotadas, muitos bares, músicos nas ruas e bandas de Pífano. Lá também tem um pavilhão onde rola um forró do bom. Tenho muita saudades pois é uma festa só e a gente paulista, desculpe por generalizar, muitas vezes não conhece a diversidade cultural do nosso país.

Representação do Mestre Vitalino trabalhando em suas tão conhecidas esculturas que retratam o dia a dia do povo nordestino
Representação do Mestre Vitalino trabalhando em suas tão conhecidas esculturas que retratam o dia a dia do povo nordestino

Durante a festa você não conseguirá passear com calma por aí, mas com certeza viverá uma experiência bastante legal e divertida. Imperdível também é a Casa Museu Vitalino, sua humilde morada, com paredes de barro onde podemos ver seus instrumentos de trabalho, móveis, instrumentos musicais tocados pelo artista e fotos da família. O melhor dia para curtir o Alto do Moura é o domingo.

Casa Museu Mestre Vitalino
Casa Museu Mestre Vitalino

O que mais ver em Caruaru

Nova Jerusalém: sim é em Caruaru que acontece na época da Semana Santa a encenação na Paixão de Cristo num enorme teatro ao ar livre. Obviamente o auge da visita ocorre na época da Semana Santa, porém algumas agências de Recife fazem um day trip para Caruaru e Nova Jerusalém.

Monte Bom Jesus: Existe um capelinha e um mirante para a cidade de Caruaru, conforme notícias (2018) o lugar está passando por uma revitalização para melhorar o acesso aos turistas.

Feira de Caruaru: quem conhece esta música do Gonzagão ?

“A Feira de Caruaru,
Faz gosto a gente vê.
De tudo que há no mundo,
Nela tem pra vendê,
Na feira de Caruaru”

Letra de Onildo Almeida

Conferindo o artesanato de Caruaru
Conferindo o artesanato de Caruaru

Pois é, na sua passagem por Caruaru não deixe de conhecer a famosa Feira de Caruaru, que como canta Gonzagão “tem de tudo que há no mundo”. Por sua importância a feira é Patrimônio Imaterial do Brasil pelo IPHAN.

A feira é um grande festa
A feira é um grande festa

O lugar é uma festa, provei os cajus docinhos, conferi os artesanatos e entre um canto e outro sempre tem muita música.

Quando é o São João de Caruaru ? Falta muito ? Saudades do Pernambuco maravilhoso!!

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais do autor.

Continuar lendo “Quando é o São João de Caruaru ? Leia o relato de um paulista na maior festa do Brasil”

Compartilhar: