Roteiro Cape Town: conheça 10 lugares fora do roteirão comum na linda Cidade do Cabo

Roteiro Cape Town: uma das cidades mais bonitas do mundo.

Esta foi minha frase em 2014, quando estive em Cape Town pela primeira vez. A cidade, que parece estar protegida pelo grande paredão da Table Mountain é um convite à contemplação: montanhas, praias e muita natureza provam porque a Cidade do Cabo figura entre uma das mais belas do mundo.

Passar uma tarde no Waterfront é uma delícia e não pode faltar no seu Roteiro Cape Town
Passar uma tarde no Waterfront é uma delícia e não pode faltar no seu Roteiro Cape Town

Minha experiência

Estive na África do Sul como turista em 2014, fiquei tão apaixonado que sempre falava que iria voltar, e olha que sou aquele tipo de turista “difícil de repetir roteiro”.

Em 2017 resolvi fazer um intercâmbio e passar um tempo em Cape Town, na verdade enquanto escrevo este artigo ainda estou aqui observando a linda Lion´s Head.

Nesta experiência que já caminha para 6 meses tive tempo de sobra para ir além do básico Roteiro Cape Town, então se você, como eu, veio para cá para estudar ou para passar um tempo superior a uma semana este artigo pode lhe ser muito útil.

A Table Mountain é a cereja do bolo de um Roteiro Cape Town
A Table Mountain é a cereja do bolo de um Roteiro Cape Town

Irei além do básico, que já é fantástico: Table Mountain, Waterfront, Clifton, Camps Bay, Kirstenbosh Bothanical Garden e Robben Island ficarão de fora desta vez, já tem muita informação a respeito na internet. Preparado para as 10 dicas do Roteiro Cape Town ? Vamos lá !!

1 – Kalk Bay

Kalk Bay é uma charmosa região da cidade, onde encontramos várias lojas de antiguidades, artesanato, restaurantes e cafés charmosos.

Infelizmente Cape Town não é um exemplo de mobilidade urbana, tudo é muito complicado sem carro, mas sempre tem um jeito.

Existe uma linha de trem que sai do centro da cidade até Kalk Bay, o Cape Town Metrorail. Os trens não estão em boas condições, mas funcionam razoavelmente e com pequenos atrasos.

Consulte os horários aqui, basta colocar departure Cape Town arrival Kalk Bay, o ticket (consultado em maio/2018) custa 7 rands.

A viagem entre o centro e Kalk Bay dura uma hora aproximadamente.

 

Teatro (numa antiga igreja) e galerias são os destaques em Kalk Bay
Teatro (numa antiga igreja) e galerias são destaques em Kalk Bay

2 – Vineyard Hotel

Vivendo aqui em Cape Town descobri que posso conhecer os hotéis sem necessariamente me hospedar neles, foi assim com o lindo Vineyard Hotel. Antes de mais nada é preciso explicar uma coisa, tudo bem que ninguém vai impedir sua entrada, mas aproveite a visita para tomar um café ou uma taça de vinho na varanda com vista para um lindo jardim emoldurado pelas montanhas.

Estive lá duas vezes, primeiro numa visita apenas para um café e na segunda durante o Festival de Espumantes, aliás vale a pena conhecer o calendário de eventos da cidade: Festivais de gim, espumantes e muitos outros. Tem sempre alguma festa.

A mesma linha Sul do Metrorail conforme citei no item acima tem uma estação chamada Newlands, de lá são apenas 1,2Km até o hotel. Caso decida ir de Uber, de Seapoint até o hotel não sai mais de 140 Rands.

Confira mais informações no site do hotel.

 

Os jardins do Vineyard Hotel são lindos
Os jardins do Vineyard Hotel são lindos

 

 

3 – Praia de LLandudno

Olhando assim, este nome parece espanhol, mas não é, aqui eles falam algo como “landãdno”. Para falar a verdade nem sabia da existência desta praia até um dia que estava indo até Hout Bay de ônibus.

Esta praia fica entre a famosa Camps Bay e Hout Bay, é pequena, porém cercada por montanhas e natureza exuberante. A água é gelada ? Sim, como em todas as praias de Cape Town, desta maneira não crie muitas expectativas de mergulhos, eu não aguentei dois minutos em pleno verão sul africano.

Chegar a esta praia dá um pouco mais de trabalho se você não tiver carro, mas não é impossível. Você pode usar o ônibus, MyCiti, que funciona perfeitamente bem, é confiável, pontual e limpo. Apenas lembre-se que para usar o ônibus você precisa fazer um cartão pré pago, o qual facilmente pode ser obtido no Civic Center. Basicamente funciona assim: você paga uma taxa de 35 rands pelo cartão aí a tarifa depende da distância e do horário, dá uma olhada aqui , apenas como exemplo, para ir do centro de Cape Town a LLandudno, aproximadamente te custará uns 14 rands. Você deve bater o cartão num leitor na entrada (tap in) e na saída (tap out). Quando o ônibus para em microterminais (como aqueles de Curitiba) você faz este processo na saída do terminal e não no ônibus, entendeu ?

A questão é que a parada Llandudno fica na estrada e você terá que caminhar morro abaixo para chegar à praia, são aproximadamente 1,5km

Só o caminho para LLandudno já vale a pena
Só o caminho para LLandudno já vale a pena

4 – Zeitz Mocca – Museu de Arte Contemporânea

Vamos de museu agora, o Mocca inaugurado em setembro de 2017 fica no Waterfront, o design do prédio por si só já vale o passeio na minha opinião. O museu foi feito onde antes era um cilo, tipo aqueles grandes tubos de concreto onde se armazena cereais. São diversos andares de arte contemporânea  e  no último andar tem um lindo terraço com esculturas. Existe também um restaurante badalado ali onde é super difícil conseguir uma reserva, acredito que viva lotado!!

Confira mais informações no site do museu.

O terraço do Mocca
O terraço do Mocca

5 – Terraço do Radisson Red

Lembra que falei que podemos usufruir dos bares dos hotéis ? Assim acontece com o Radisson Blue, também no Waterfront, basta chegar, tomar o elevador e ir até o bar que fica no terraço. É um espaço bem legal, com um visual fantástico de todo o complexo do V&A, Table Mountain e o Mocca (que fica em frente). No terraço tem uma kombi que serve alguns drinks e que foi içada para dar mais charme ao espaço. Fica como dica ir pra lá no por do sol. Lindo.

Confira mais informações no site do hotel.

O terraço do Radisson Red, o prédio ao fundo é o Mocca
O terraço do Radisson Red

6 – District 6

Agora um pouco de história, esta área localizada bem próxima ao centro de Cape Town, tem um história muito triste, durante os anos do Apartheid a mesma foi definida como sendo para brancos, sendo assim, toda a população negra  foi removida daí e muitas casas foram destruídas. O District 6 Museum conta esta história. Hoje o bairro tem um ar de revitalização, com um café bem legal, o Truth Coffee Roasting.

Confirma mais informações no site do museu.

As ruas do District Six
As ruas do District Six

7 – Blouberg Beach

Bom, se você está em Cape Town por alguns dias sabe que a Table Mountain é uma espécie de vigilante, pois sempre parece que a montanha está olhando pra gente. Agora, se você quer ter uma vista incrível da montanha com o mar, vá até Blouberg Beach. É um pouco longe, são 23Km do centro da cidade. Você também pode ir de MyCiti, os ônibus partem do Civic Center. Apesar de existirem várias estações em Blouberg eu sugiro a Kleinbaai.

Organize sua viagem no site do MyCiti Bus.

Águas clarinhas e toda a Table Mountain
Águas clarinhas e toda a Table Mountain

8 – Greenpoint Park

Agora uma dica pra você que não está a fim de tomar ônibus ou trem. O GreenPoint Park fica ao lado do Cape Town Stadium. Eu apenas conheci o parque três meses após de me mudar temporariamente para Cape Town.

Um lugar super bem cuidado, para relaxar, rola fazer uma pic nic, pequenas caminhadas e simplesmente não fazer nada. Uma das entradas do parque é pela avenida que liga o centro da cidade à Seapoint e a o outra para a praia de Mouille Point.

Confirma mais informações no site do parque.

Este parque bonito e muito bem cuidado não pode faltar no seu roteiro Cape Town.
Este parque bonito e muito bem cuidado não pode faltar no seu roteiro Cape Town.

9 – Trilha Contour Path

Ah você gosta de uma trilha e estava sentindo falta ? Se você como eu não vai encarar a trilha até a Table Mountain esta pode uma opção bem legal, pois é plana e contemplativa a maior do tempo.

O começo da trilha é no início da avenida que leva até ao teleférico da Table Mountain, a mesma vai acompanhando as antigas tubulações que trazem água da montanha.

Desta trilha teremos visuais fantásticos do conjunto de montanhas dos 12 Apóstolos e de Camps Bay. Em muitos pontos da trilha existem acessos à Camps Bay, ou seja, você pode terminar a trilha, tomar um ônibus ou chamar um Uber para voltar pra casa, facinho.

A cidade é tão linda que uma trilha não poderia faltar neste Roteiro Cape Town
A cidade é tão linda que uma trilha não poderia faltar neste Roteiro Cape Town

10 – Open Air Theatre – Maynardville

Este é um teatro a céu aberto que fica no parque de Maynardville. O lugar fica localizado numa região residencial com várias casas charmosas, como uma pequena vila.

Vale a pena conferir a programação do teatro, quando fui vi uma peça de Sheakspeare.

Fui no verão e achei o local frio, então confiram a previsão do tempo antes. Geralmente antes e depois da peça existem algumas tendas que vendem café, chocolate quente, boerewars (que é uma espécie de cachorro quente).

Para quem gosta de um programa cultural, este é o ideal. Como as apresentações são a noite fica difícil ir de trem, já que a maioria das linhas funciona até aproximadamente 18h. Você pode ir antes de trem até a estação Wynberg que fica a 850m do parque e depois voltar de Uber.

Confira mais informações aqui.

Uma das apresentações no teatro a céu aberto em Maynardville.
Uma das apresentações no teatro a céu aberto em Maynardville.

Bom pessoal estão são minhas dicas para você que quer fugir um pouco ao tradicional Roteiro Cape Town, tenho certeza que a cidade vai te surpreender, pois em cada cantinho tem algo diferente a explorar.

 

 

Compartilhar:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *